parte 8

As fotos do Circo Voador [8/8]

O primeiro impulso de Alexandre foi correr para a escada, onde ele esperava não haver ninguém. E em disparada os dois homens correram atrás dele gritando obscenidades e ameaças como “É melhorar parar antes que a gente quebre suas pernas!” ou “Volta aqui seu magrelo!”.

Alex subiu as escadas e correu pelo corredor sem perceber as portas fechadas ou abertas que o ladeavam. O som dos passos pesados do homem grande o seguiam e os gritos do asiático chegavam aos seus ouvidos.

Merda! Puta que pariu!

No fim desse corredor havia uma escada grande em um ângulo quase reto. Alexandre subiu nela com um fôlego que ele não sabia de onde havia tirado. Talvez da vontade de fugir e as substâncias liberadas pelos hormônios.

Quando ele ia chegando no final, percebeu que podia observar o céu noturno e a lua. Tomou um novo impulso e chegou até a parte de fora do Circo Voador, foi até a amurada com a intenção de pular e ficar livre das garras dos seus perseguidores que, em breve, iriam chamar o resto de seus companheiros. (mais…)